"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

FAZENDA TAQUARA

Quando da chegada do Comendador João Pereira da Silva em companhia do Barão do Rio Bonito, vindos de Portugal, se estabeleceram nesta região do Estado do Rio de Janeiro, por volta de 1800. Na segunda década do século XIX, o café começou a ser plantado no vale do Paraíba e fazendas proveram-se para cultivar o fruto precioso.

Faziam parte das propriedades do Comendador: a Fazenda Campo Bom, a Fazenda Ipiabas e a Fazenda da Nova Prosperidade (atual Fazenda Taquara), como aparece no inventário do Comendador, falecido em 1872.

O nome Taquara foi dado pelos escravos, devido a abundância de um bambu fino, encontrado na propriedade, que era assim denominado. A casa foi construída, provavelmente na década de 30, em forma de um quadrilátero com um jardim interno, permanecendo ainda hoje, sob o domínio da família do Comendador.

Com quase dois séculos de existência a sede, ainda em perfeito estado de conservação, preserva sua história, com móveis e retratos originais.

Hoje a Fazenda da Taquara é de propriedade de João Carlos Tadeu Botelho Pereira Streva, descendente direto, 5ª geração do Comendador João Pereira da Silva.

Outra característica dessa propriedade é ser, até os dias de hoje, centro de produção de café como no século passado, além de ter granja de frangos e suínos.

A propriedade recebe visitantes mediante reserva prévia, oferecendo um delicioso café colonial e em algumas datas durante o ano acontecem belas festas em sua antiga senzala de escravos.

INFORMAÇÕES

Estrada Barra do Piraí/Valença s/nº Km 44,5
Tel.: (24) 2443-1221 ou 2443-1273
9953-1523 (Ana Maria Streva)