"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

AGORA
(Luiz Gonzaga Junior)

Agora eu caminho
Diante da vida sem medo.
E parto pra cima das coisas
inteira,
pois hoje eu trago no peito
a simples certeza
de que amar
nunca foi conjugar,
só o verbo sofrer
tira esta dor do caminho
que eu vou sair por aí.
É primavera no meu coração
e eu nem quero saber se sofri.
E como se, então, de repente,
luz do sol,
novo dia.
E desta vez vou chorar
toda minha alegria.

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória