ATIRASTE UMA PEDRA
(Herivelto Martins-David Nasser)

Atiraste uma pedra
no peito de quem
só te fez tanto bem.
E quebraste um telhado,
perdeste um abrigo,
feriste um amigo.
Conseguiste magoar
quem das mágoas te livrou.
Atiraste uma pedra
com as mãos que esta boca
tantas vezes beijou.

Quebraste o telhado
que, nas noites de frio,
te servia de abrigo.
Perdeste o amigo
que os teus erros não viu
e o teu pranto enxugou.
Mas, acima de tudo,
atiraste uma pedra
turvando esta água,
esta água que um dia,
por estranha ironia,
tua sede matou.

 

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória