"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

BOA-NOITE, AMOR
(José Maria de Abreu - Francisco Mattoso)

Quando a noite descer,
insinuando nos olhos teus,
olhando nos olhos teus
hei-de, beijando teus dedos, dizer:

"Boa-noite, amor,
meu grande amor,
contigo sonharei..."
E a minha dor
esquecerei
se eu souber que o sonho teu
foi o mesmo sonho meu...
"Boa-noite, amor,
e sonha, enfim,
pensando sempre em mim..."
Na carícia de um beijo
que ficou no desejo...
"Boa-noite, meu grande amor."

 

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória