"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

CANÇÃO PARA CONSERVATÓRIA
(Guilherme de Brito-Tito Madi)

Conservatória, meu amor,
quando eu partir, por onde for
hei de lembrar teus violões,
tuas estrelas, teu luar.

E esta flor que a saudade
já semeou dentro de mim,
ao regressar vou te ofertar
para enfeitar o teu jardim.

E quando alguém te visitar,
eu acho que deves falar
que eu estou apaixonado,
e diz por quê
eu posso um dia te deixar,
mas vou querer levar pra mim
teus violões, tua seresta
e o teu jardim.

Se não puder, quero ficar
para amar teu céu,
beijar teu chão,
Conservatória,
onde perdi meu coração.

 

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória