"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

MISTERIOSO AMOR
(Saint-Clair Senna)

Misterioso amor,
eu te senti a noite inteira,
nos lábios que beijei,
no sonho lindo que sonhei...
Misterioso amor,
da sombra vaporosa que beijei,
e que se dissipou
no sonho que passou...
Misterioso amor,
tu me deixaste a boca em brasa,
no beijo que me deste,
cheio de ânsia e de calor...
Quisera repetir
este prazer sentido...
Oh, sombra vaporosa
que me deste o teu amor...

Mas, tu me deixaste
assim, extasiado,
e desapareceste no espaço...
Vivo a procurar-te em vão,
oh, sombra do mistério,
que soube despertar, assim,
o meu humilde coração...
Quando chega a noite
o meu anseio cresce
e fico acordado a te esperar...
mas a noite passa
e o sol que aparece
me surpreende,
por teu amor a suspirar.

 

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória