"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

POEMA DO ADEUS
(Luis Antônio)

Então eu fiz um bem
dos males que passei...
Fiz do amor uma saudade de você,
e nunca mais amei.
Deixei nos olhos seus
meu último olhar,
e ao bem do amor
eu disse adeus.

Caminho o meu caminho
e, nos lugares que passei,
as pedras do caminho
são o pranto que chorei.
Escondo em minhas mãos
carinhos que eram seus
e guardo sua voz
no poema do adeus.

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória