"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

QUANDO A NOITE DESCE
(José Maria de Abreu-Francisco Mattoso)

Quando a noite desce,
saudade eu sinto de alguém,
pois, jamais se esquece
o amor que foi e que não vem.

Vem a noite, envolvendo tudo,
com seu manto de veludo
feito de luar.
E a tristeza, quando a noite desce,
cruelmente não se esquece
de me procurar.

Se, numa noite encontrei meu amor,
eu, numa noite, perdi meu amor.
Que tristeza quando a noite desce
e a saudade não se esquece
de me procurar.

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória