"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

QUASE
(Mirabeau-Jorge Gonçalves)

Foi pensando em você
que eu escrevi esta triste canção.
Foi pensando em você,
que é o meu tormento e a minha paixão.
É nestes versos que eu quero dizer
o amor profundo que eu sinto por você.
Seu olhar me fascina, oh, como eu vivo a sofrer...

Quase que eu disse, agora,
o seu nome sem querer...
Não quero que zombe
de nós toda essa gente...
É por sua causa que estou tão diferente.
Bem pertinho de mim ele está
me ouvindo cantar
e, juntinho dele, eu estou
morrendo de amor.

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória