"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

SANTA
(Freire Junior)

Santa,
sublime amor dos sonhos meus,
canta!
Eu quero ouvir dos lábios teus
que és minha só,
minha serás eternamente!
Ai, tenha dó
de quem te ama loucamente!

Jura
que só a mim pertencerás,
que sempre pura
tu ficarás,
oh, Santa, jura!
Pra te agradar
eu farei tudo, oh, sim, querida,
tu és senhora, oh, linda flor,
do meu amor,
da minha vida!

Não tenho diamantes pra te dar,
sou pobrezinho,
vivo a esmolar
o teu amor, o teu olhar,
o teu carinho,
teu coração,
para me dar consolação.

Parto
com o coração despedaçado!
Parto!
De ingratidões vou desolado!
E nunca mais
eu te verei, oh, Santa amada...
Me esquecerás,
por mim serás sempre lembrada!
Fujo!
Deixo os prazeres da cidade...
O bom marujo
não teme o mar, a tempestade!
Se, algum dia,
revendo o livro do passado,
for meu amor por ti lembrado,
hás-de sofrer,
te arrepender!

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória