"Em cada Casa uma Canção, em cada Canção uma Saudade"

SINFONIA A MATA
(Adelino Moreira)

Tenho a viola que retiro da parede
quando é noitinha para pontear
tenho a gaiola, meu canário e uma rede
sempre esticadinha pra meu bem sonhar.

Quando a lua vem surgindo cor de prata
ilumina meu pedaço de torrão
meu ranchinho aqui no meio da mata
não precisa nem que acenda o lampeão.

Sinfonia do riacho e da cascata
minha viola completa a orquestração.

 

 

Imprima e Cante com os Seresteiros de Conservatória